Como Funciona o Resfriamento Evaporativo

O Resfriamento Evaporativo é a técnica de arrefecimento utilizada pelos Climatizadores Evaporativos a fim de climatizar o ambiente. Essa técnica é baseado no processo natural de evaporação da água a frio. O vapor da água fria, quando se mistura ao ar quente, resfria o ambiente. Entenda Como Funciona o Resfriamento Evaporativo e Quais as Principais Vantagens dos Climatizadores Evaporativos.

 

O Resfriamento Evaporativo, também conhecido como Climatização Evaporativa, é um processo que o nosso próprio organismo utiliza para se refrescar. Pense bem: quando sentimos calor, liberamos suor.

Esse líquido, quando entra em contato com o ar quente, é evaporado a frio, realizando uma troca de temperatura com o ar, que fica mais frio ao redor do nosso corpo.

A eficácia do Resfriamento Evaporativo é ainda mais nítida quando pensamos em uma pessoa que acabou de sair de uma piscina gelada, por exemplo. Mesmo que o dia esteja quente, quando a pessoa sai da piscina e é exposta ao sol, ela sente frio. Isso ocorre porque a água que está sobre a pele evapora e se mistura ao ar, resfriando-o.

Como Funcionam os Climatizadores Evaporativos

Como mencionamos anteriormente, a tecnologia dos Climatizadores Evaporativos é baseada no processo natural de evaporação da água a frio. Mas como esses equipamentos colocam o Resfriamento Evaporativo em prática?

Em primeiro lugar, é útil entender como é feito um Climatizador Evaporativo. O equipamento é constituído de um reservatório, bomba e distribuidor de água, um colmeia, que é molhada constantemente pelo distribuidor d’água, e um ventilador, que é responsável pela movimentação do ar.

Dessa forma, o ventilador puxa o ar quente para dentro do Climatizador Evaporativo. O ar passa por dentro da colmeia, onde é filtrado, umidificado e resfriado, para então ser liberado de volta no ambiente.

A redução de temperatura causada pelo Resfriamento Evaporativo depende fortemente de fatores externos, como o calor e a umidade relativa do local. Quanto mais quente e seco, maior será a redução de temperatura. Enquanto isso, se o ambiente já estiver frio e úmido, a redução será pouca.

Em condições ideais, isto é, um ambiente muito quente e seco, a redução de temperatura chega a cerca de 12º C. Se a umidade relativa for muito alta, em torno de 75%, e a temperatura ambiente sem climatização estiver na faixa dos 20º C, a redução é de cerca de 2,5º C.

Pode-se dizer, portanto, que quanto maior a necessidade de reduzir a temperatura, maior será essa redução.

Vantagens do Resfriamento Evaporativo

Por se tratar de uma tecnologia baseada em processo tão naturais, o custo do Resfriamento Evaporativo é bastante baixo. Desde a compra, instalação e manutenção até o consumo de energia, os Climatizadores Evaporativos saem em conta.

Na verdade, o consumo de energia de um Climatizador Evaporativo chega a ser 90% mais baixo do que o de um Ar-Condicionado de mesmo porte. É uma economia absurda, que faz com que os Climatizadores Industriais sejam muito utilizados em empresas.

Além disso, o baixo consumo de energia aliado à naturalidade do processo fazem com que o Resfriamento Evaporativo seja sustentável. Um Aparelho de Ar Condicionado precisa liberar gases tóxicos que poluem o ambiente para funcionar, enquanto um Climatizador Evaporativo usa apenas água e ventilação.

Outra vantagem do Resfriamento Evaporativo é a qualidade do ar. Por meio da ventilação, os Climatizadores Evaporativos renovam o ar do local constantemente, além de purificar e umidifcar o ar no momento em que ele passa pela colmeia.

Ou seja, o Resfriamento Evaporativo evita a proliferação de ácaros e bactérias e contribui com a saúde das vias respiratórias, que sofrem quando são expostas ao ressecamento causado pelos Aparelhos de Ar Condicionado.

Em resumo, o Resfriamento Evaporativo é natural, sustentável, econômico, eficaz e saudável, o que faz com que os produtos que usam essa tecnologia sejam muito vantajosos.

Solicite um orçamento para a REFRESCARE e tenha o seu próprio Climatizador Evaporativo!

Gostou deste artigo? Leia também:

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será exibido. Campos Obrigatórios estão marcados com *